24 de agosto de 2008

O preço de uma vida

Clara era uma garota que tinha algo de diferente de todas as garotas de sua idade - ela não tinha uma amiga.

Certa vez, indo para casa carregando os seus tantos livros foi derrubada por uma turma de garotos que sempre zombava dela. Naquele instante seus livros, anotações foram arremessados pela rua afora. Ajoelhada, procurando por seus óculos com os olhos tomados por lágrimas vê uma conhecida do colégio aproximando e entregando-lhe os óculos e a ajudou apanhando seus pertences. Raquel e Clara caminharam juntas em direção as suas casas.
O tempo foi passando e se tornaram melhores amigas. Cresceram juntas, viveram momentos inesquecíveis unidas: o amor platônico pelo professor de química, conversas engraçadas nas madrugadas, até que chega o dia da formatura.

Clara, como oradora oficial da turma, teve que preparar um discurso de formatura. Ao subir no oratório, disse as seguintes palavras:

-"Este é o melhor momento de homenagear pessoas que foram importantes em minha caminhada: pais, professores, irmãos, mas principalmente os amigos. E eu, gostaria de compartilhar uma história com vocês".

Raquel se emocionou ao ver que Clara contava a história de quando se conheceram, só que com um porém: ela havia planejado se matar naquele final de semana. Contou a todos que não tinha amigos e então revelou como havia esvaziado seu armário na escola, para que sua mãe não tivesse que fazer isso depois que ela morresse, e estava levando todas as suas coisas para casa. Clara olhou diretamente nos olhos de Raquel e deu um pequeno sorriso.

- "Felizmente eu fui salva. Minha amiga me salvou de cometer tal atitude".
Raquel observava o nó na garganta de todos da platéia durante aquele momento. Ela viu os pais de Clara olhando em sua direção e sorrindo com aquele ar de gratidão. Até aquele momento ela jamais havia se dado conta da profundidade do sorriso que Clara lhe deu naquele dia.

Depois dessa alguém ainda tem coragem de dizer que amizade não tem preço ? Eu afirmo que a amizade tem preço sim, chegando até se tornar o valor de uma vida.

Marcadores: